Toyota Corolla: PCS (Sistema de Segurança Pré-colisão)

Toyota Corolla / Condução / Toyota Safety Sense / PCS (Sistema de Segurança Pré-colisão)

O sistema de segurança pré-colisão usa o sensor da frente para detetar veículos na frente do seu veículo. Quando o sistema determina que a possibilidade de uma colisão frontal com um veículo é elevada, funciona um aviso para instar o condutor a tomar uma ação evasiva e a pressão potencial do travão é aumentada para ajudar o condutor a evitar a colisão. Se o sistema determina que a possibilidade de uma colisão frontal com um veículo é extremamente elevada, os travões são aplicados automaticamente para ajudar a evitar a colisão ou ajudar a reduzir o impacto da colisão.

O sistema de segurança pré-colisão pode ser ativado/desativado e o momento do aviso pode ser alterado.

Aviso de pré-colisão

Aviso de pré-colisão

Quando o sistema determina que a possibilidade de uma colisão frontal é elevada, soa um sinal sonoro e é exibida uma mensagem no mostrador de informações múltiplas para instar o condutor a tomar uma ação evasiva.

Assistência à travagem pré-colisão

Quando o sistema determina que a possibilidade de uma colisão frontal com um veículo é elevada, o sistema aplica uma força superior aos travões em relação à força com que o pedal do travão é pressionado.

Travagem pré-colisão

Quando o sistema determina que a possibilidade de uma colisão frontal com um veículo é elevada, o sistema avisa o condutor. Se o sistema determina que a possibilidade de uma colisão é extremamente elevada, os travões são aplicados automaticamente para ajudar a evitar a colisão ou reduzir a velocidade da colisão.

AVISO

Limitações do sistema de segurança pré-colisão

O condutor é o único responsável pela segurança da condução. Conduza sempre com segurança tendo o cuidado de observar a área circundante.

Não utilize, em circunstância alguma, o sistema de segurança pré-colisão em vez das normais operações de travagem. Este sistema não impede colisões nem diminui danos ou lesões em qualquer situação. Não dependa excessivamente deste sistema. Fazê-lo pode provocar um acidente, resultando em morte ou ferimentos graves.

Embora este sistema seja concebido para ajudar a evitar e reduzir o impacto de uma colisão, a sua eficácia pode mudar de acordo com várias condições. Assim, o sistema não pode fornecer sempre o mesmo nível de desempenho.

Leia cuidadosamente as seguintes condições. Não dependa excessivamente deste sistema e conduza sempre com segurança.

  • Condições sob as quais o sistema pode funcionar mesmo que não haja possibilidade de colisão
  • Condições sob as quais o sistema pode não funcionar adequadamente

Não tente, por si só, testar o funcionamento do sistema de segurança pré-colisão, uma vez que o sistema pode não funcionar corretamente, podendo conduzir a um acidente.

Travagem pré-colisão

  • A função de travagem pré-colisão pode não funcionar se determinadas operações forem executadas pelo condutor. Se o pedal do acelerador estiver a ser fortemente pressionado ou o volante da direção estiver a ser rodado, o sistema pode determinar que o condutor está a tomar medidas evasivas, com a possibilidade de impedir a função de travagem pré-colisão de funcionar.
  • Em algumas situações, enquanto a função de travagem pré-colisão está em funcionamento, a função pode ser cancelada se o pedal do acelerador for fortemente pressionado ou se o volante da direção for rodado e o sistema determinar que o condutor está a tomar medidas evasivas.
  • Uma grande quantidade de força de travagem é aplicada enquanto a função de travagem pré-colisão está em funcionamento. Adicionalmente, uma vez que o funcionamento da função de travagem pré-colisão será cancelado após o veículo ser parado durante aproximadamente 2 segundos se for parado pelo funcionamento da função de travagem pré-colisão, o condutor deve pressionar o pedal do travão, conforme necessário.
  • Se o pedal do travão estiver a ser pressionado, o sistema pode determinar que o condutor está a tomar ações evasivas e pode atrasar o tempo de funcionamento da função de travagem pré-colisão.

Durante a condução, tal como quando conduz numa passagem de nível, o sistema pode determinar que a possibilidade de uma colisão com um objeto, como a barreira da passagem de nível é alta e operar a função de travagem pré-colisão.

Para mover o veículo em caso de emergência, como caso o sistema funcione numa passagem de nível, realize as seguintes operações e em seguida tome as medidas necessárias para garantir a sua segurança.

  • Se o veículo foi parado, pressione o pedal do acelerador.
  • Se o veículo estiver a desacelerar, pressione totalmente o pedal do acelerador.
  • Desative o sistema de segurança pré-colisão.

Quando desativar o sistema de segurança pré-colisão

Nas seguintes situações, desative o sistema, uma vez que este pode não funcionar corretamente, possivelmente levando a um acidente resultando em morte ou ferimentos graves:

  • Quando o veículo estiver a ser rebocado
  • Quando o seu veículo está a rebocar outro veículo
  • Quando transportar o veículo via camião, barco, comboio ou meios semelhantes de transporte
  • Quando o veículo é levantado num elevador com o motor ligado e os pneus podem rodar livremente
  • Quando inspecionar o veículo usando um banco de potência ou máquina de equilibrar as rodas do veículo sem desmontagem
  • Se o veículo não puder ser conduzido de forma estável, como quando o veículo tenha estado num acidente ou avariado
  • Quando o veículo é conduzido de forma desportiva ou em todo-o-terreno
  • Quando o estado dos pneus é mau bem como o seu desempenho
  • Quando instala pneus de tamanho diferente do especificado
  • Quando instala correntes nos pneus
  • Quando utiliza um pneu de reserva compacto ou quando utiliza um kit de emergência para reparação de um furo

Alterar as configurações do sistema de segurança pré-colisão

Ativar/desativar o sistema de segurança pré-colisão

Prima o interruptor PCS durante 3 segundos ou mais.

A luz de aviso PCS acende e é exibida uma mensagem no mostrador de informações múltiplas, quando desliga o sistema.

Para ativar o sistema prima novamente a tecla PCS.

O sistema de segurança pré-colisão é ativado de cada vez que o motor é posto em funcionamento.

Ativar/desativar o sistema de segurança pré-colisão

Alterar o momento de aviso de pré-colisão

Prima o interruptor PCS para exibir o atual momento de aviso no mostrador de informações múltiplas. De cada vez que prime o interruptor PCS no estado exibido, o momento de aviso altera como segue: Se a configuração do momento de aviso foi alterada, a configuração será mantida na próxima vez que colocar o motor em funcionamento.

Alterar o momento de aviso de pré-colisão

  1. Longe

O aviso começa a funcionar mais cedo do que na configuração padrão.

  1. Médio

Esta é configuração padrão.

  1. Perto

O aviso começa a funcionar mais tarde do que na configuração padrão.

Condições de funcionamento

O sistema de segurança pré-colisão é ativado e determina que a possibilidade de uma colisão frontal com um veículo é elevada.

Cada função está operacional às seguintes velocidades:

Aviso pré-colisão:

  • A velocidade do veículo é de aproximadamente 15 a 140 km/h.
  • A velocidade relativa entre o seu veículo e um veículo precedente é de aproximadamente 15 km/h, ou superior.

Assistência à travagem pré-colisão:

  • A velocidade do veículo é de aproximadamente 30 a 80 km/h.
  • A velocidade relativa entre o seu veículo e um veículo precedente é de aproximadamente 30 km/h, ou superior.

Travagem pré-colisão:

  • A velocidade do veículo é de aproximadamente 10 a 80 km/h.
  • A velocidade relativa entre o seu veículo e um veículo precedente é de aproximadamente 10 km/h, ou superior.

O sistema pode não funcionar nas seguintes situações:

  • Se um terminal da bateria tiver sido desconectado e voltado a conectar e depois o veículo não foi conduzido durante um certo tempo
  • Se a alavanca de velocidades estiver em R
  • Se o VSC foi desativado (apenas a função de aviso pré-colisão está operacional)
  • Se a luz de aviso PCS estiver a piscar ou acesa

Cancelamento da travagem pré-colisão

Se qualquer das seguintes situações ocorrer durante o funcionamento da função de travagem pré-colisão, esta será cancelada:

  • O pedal do acelerador é pressionado com força.
  • O volante da direção é rodado brusca ou abruptamente.

Se o veículo for parado pela operação da função de travagem pré-colisão, a operação da função de travagem pré-colisão será cancelada depois do veículo ter sido parado durante 2 segundos aproximadamente.

Condições sob as quais o sistema pode funcionar, mesmo que não haja possibilidade de colisão

Em algumas situações, como as seguintes, o sensor pode determinar que existe uma possibilidade de colisão frontal e operar.

  • Quando passa um veículo numa faixa contrária que está parado para virar à direita/esquerda
  • Quando passa um veículo que se aproxima ao fazer uma curva à esquerda ou à direita
  • Quando conduz numa estrada onde a localização relativa para o veículo à frente numa faixa adjacente pode mudar, tal como numa estrada sinuosa
  • Quando se aproxima rapidamente de um veículo precedente
  • Se a frente do veículo estiver levantada ou rebaixada, tal como quando a superfície da estrada é desnivelada ou ondulada
  • Quando passa extremamente perto de um veículo ou de um objeto estrutural
  • Quando há um veículo ou um objeto na berma da estrada à entrada de uma curva
  • Quando conduz num caminho estreito, cercado por uma estrutura, como num túnel ou ponte de ferro
  • Quando existe um objeto reflexivo (tampa de bueiro, chapa de aço, etc.), degraus, declive ou saliência na superfície da estrada ou na berma
  • Quando passa num local com uma estrutura baixa sobre a estrada (teto baixo, sinal de trânsito, etc.)
  • Quando existe um objeto estrutural (sinal de trânsito, outdoor, iluminação pública, etc.) no topo de uma subida
  • Quando se aproxima rapidamente de um portão elétrico com acesso, área de estacionamento com acesso, ou outro acesso que abra e feche
  • Quando usar uma lavagem automática de veículos
  • Quando se aproxima de um objeto pendurado baixo, que pode entrar em contacto com o veículo, tal como uma bandeira, ramos de árvore ou erva espessa
  • Quando o veículo é atingido por água, neve ou pó de um veículo à frente
  • Quando conduz através de nevoeiro ou fumo
  • Quando existem padrões ou pintura na estrada ou uma parede que possa ser confundida com um veículo
  • Quando a parte da frente do veículo estiver elevada ou rebaixada
  • Quando o sensor está desalinhado devido a um forte impacto que lhe foi aplicado, etc.
  • Quando o veículo está a ser estacionado num local onde existe um objeto pendurado baixo, à altura do sensor da frente
  • Quando o para-brisas está coberto com gotas de chuva, etc.

Situações nas quais o sistema pode não funcionar devidamente

Em algumas situações, como as seguintes, um veículo pode não ser detetado pelo sensor da frente, impedindo que o sistema funcione corretamente:

  • Se um veículo surge de repente na frente do seu veículo
  • Ao aproximar-se da parte lateral ou frontal de um veículo
  • Se um veículo precedente tiver uma extremidade traseira baixa, como um camião sem carga
  • Se um veículo precedente tiver uma extremidade traseira pequena, como um reboque de caixa plana
  • Se um veículo à frente estiver a carregar uma carga que se projeta para além do seu para-choques traseiro
  • Se um veículo à frente tiver uma extremamente elevada distância ao solo
  • Se um veículo à frente tiver uma forma irregular, tal como um trator ou "side car"
  • Se o sol ou outra luz estiver a incidir diretamente sobre um veículo à frente
  • Se um veículo fizer um movimento brusco na frente do seu veículo ou se emergir de trás de um veículo
  • Se um veículo à frente fizer uma manobra abrupta (tal como uma curva, aceleração ou desaceleração súbitas)
  • Quando se aproxima rapidamente de um veículo precedente
  • Quando um veículo à frente não está diretamente em frente ao seu veículo
  • Quando conduz com condições climáticas inclementes, tal como chuva forte, nevoeiro, neve ou tempestades de areia
  • Quando o veículo é atingido por água, neve, pó, etc., de um veículo que circula à frente
  • Quando conduz através de nevoeiro denso ou fumo que podem obscurecer os veículos à frente
  • Quando conduz num local onde a luminosidade envolvente muda rapidamente, tal como à entrada ou saída de um túnel
  • Quando uma luz muito brilhante, tal como o sol ou os faróis do trânsito em sentido contrário, incide diretamente sobre o sensor da câmara
  • Quando a área circundante está escura, como ao amanhecer ou anoitecer ou enquanto conduz num túnel
  • Enquanto conduz numa curva e durante algum tempo após conduzir numa curva
  • Se o seu veículo derrapar
  • Quando a parte da frente do veículo estiver elevada ou rebaixada
  • Se os pneus estiverem desalinhados
  • Se uma escova do limpa-para-brisas estiver a bloquear o sensor
  • O veículo está a oscilar.
  • O veículo está a circular a velocidades extremamente elevadas
  • Quando conduz em estradas com curvas ou superfícies irregulares
  • Quando o veículo precedente é um fraco refletor de laser
  • Quando o sensor está desalinhado devido a um forte impacto aplicado no sensor, etc.

Em algumas situações tal como as seguintes, a suficiente força de travagem pode não ser obtida, impedindo que o sistema funcione corretamente:

  • Se as funções de travagem não puderem funcionar na sua totalidade, como quando as peças do travão estão extremamente frias, extremamente quentes ou molhadas
  • Se a manutenção ao veículo não for devidamente efetuada (travões ou pneus excessivamente desgastados, inadequada pressão dos pneus, etc.)
  • Quando o veículo estiver a ser conduzido numa estrada de cascalho ou noutra superfície escorregadia

Se a luz de aviso PCS piscar e uma mensagem de aviso for exibida no mostrador de informações múltiplas

O sistema de segurança pré-colisão pode estar temporariamente indisponível ou pode haver uma avaria no sistema.

Nas seguintes situações a luz de aviso desliga e o sistema fica operacional quando as condições normais de funcionamento voltarem a reunir-se:

  • Quando a área em redor do sensor da frente está quente, tal como quando o veículo esteve estacionado ao sol
  • Quando o para-brisas está embaciado ou coberto por condensação ou gelo
  • Quando o sensor da frente ou a área em redor de um dos sensores estiver fria, tal como em ambientes extremamente frios
  • Se a área em frente do sensor da frente estiver obstruída, tal como quando o capot está aberto

Se a luz de aviso PCS continuar a piscar o sistema pode estar avariado.

Leve o veículo para inspeção a um concessionário ou reparador Toyota autorizado ou a outro profissional devidamente qualificado e equipado, imediatamente.

Se o VSC está desativado

  • Se o TRC e o VSC estão desativados, as funções de assistência à travagem pré-colisão e travagem pré-colisão também estão desativadas.

    Contudo, a função de aviso de pré-colisão continua a funcionar.

  • A luz de aviso PCS acende e a mensagem "Pre-Crash Brake is disabled due to VSC OFF" é exibida no mostrador de informações múltiplas.
    Veja também:

    Mitsubishi Lancer. Ligações dos fusíveis
    As ligações dos fusíveis derretem para evitar um incêndio se uma corrente mais forte tentar fluir através de determinados sistemas elétricos. Caso exista ...

    Peugeot 308. Seguimento DAB / FM
    O "DAB" não cobre a 100% o território.Quando a qualidade do sinal numérico é fraca, o "Seguimento auto DAB / FM" permite continuar a ouvir a mesma estação passado automaticamente ...

    Modelos

    © 2017 Todos os direitos reservados 0.0112