Volkswagen Golf: Roda sobressalente ou roda de emergência

Volkswagen Golf / Rodas e pneus / Fatos sobre as rodas e os pneus / Roda sobressalente ou roda de emergência

Fig. 237 No compartimento de bagagem: manípulo para fixação da roda sobressalente
Fig. 237 No compartimento de bagagem: manípulo para fixação da roda sobressalente

Remover a roda sobressalente

  • Abrir ou rebater para fora a tampa do compartimento de bagagem ou o assoalho variável do compartimento de bagagem
  • Se necessário, retirar o calço de proteção contra giro → Fig. 237 1 puxando-o para cima.
  • Girar totalmente o manípulo localizado no meio da roda sobressalente 2 no sentido anti-horário, e remover a roda sobressalente.

Guardar a roda substituída

  • Abrir ou rebater para fora o assoalho variável do compartimento de bagagem.
  • Colocar a roda substituída na cavidade para a roda sobressalente de tal forma que o furo central do aro esteja posicionado exatamente sobre o pino rosqueável.
  • Girar o manípulo 2 sobre o pino rosqueável no sentido horário até que a roda trocada esteja presa com segurança.
  • Se necessário, inserir o calço de proteção contra giro 1 na fenda do pino rosqueável, de modo que o manípulo não possa ser mais girado.
  • Se for o caso, colocar as ferramentas de bordo de volta no compartimento específico no compartimento de bagagem.
  • Colocar o assoalho do compartimento de bagagem variável sobre o revestimento do assoalho.
  • Fechar a tampa do compartimento de bagagem.

Roda sobressalente diferente dos pneus de rodagem

Caso a versão da roda sobressalente seja diferente das rodas em uso, por exemplo, pneus de inverno ou roda de emergência, a roda sobressalente somente poderá ser utilizada em casos de pane por um curto período e com condução cautelosa

Ela deve ser substituída o mais rápido possível por uma roda de rodagem normal com capacidade de funcionamento.

Observar as orientações para condução:

  • Não conduzir em velocidade superior a 80 km/ h (50 mph)!
  • Evitar arranques acelerados, frenagens bruscas e a condução em curvas em alta velocidade!
  • Não utilizar correntes para neve na roda de emergência
  • Verificar a pressão dos pneus o mais rápido possível após a instalação da roda sobressalente ou da roda de emergência

A pressão do pneu da roda sobressalente ou da roda de emergência deve ser verificada juntamente com a pressão dos demais pneus de rodagem pelo menos uma vez por mês. A roda sobressalente recebe a máxima pressão dos pneus prevista para o veículo

ATENÇÃO

Um uso inadequado da roda sobressalente ou da roda de emergência pode ocasionar a perda de controle do veículo, colisões ou outros acidentes e ferimentos graves.

  • Em nenhuma hipótese utilizar a roda sobressalente ou a roda de emergência se ela estiver danificada ou desgastada até os indicadores de desgaste.
  • Em alguns veículos, a roda sobressalente pode ser menor que os pneus originais. A roda sobressalente menor pode ser reconhecida por uma etiqueta adesiva e pela inscrição "80 km/h" ou "50 mph". Esta inscrição identifica a velocidade máxima com a qual o pneu pode rodar com segurança. A etiqueta adesiva não deverá ser coberta durante a utilização da roda.
  • Jamais conduzir em velocidade superior a 80 km/h (50 mph). Evitar arranques acelerados, frenagens bruscas e a condução em curvas em alta velocidade.
  • Nunca dirigir mais de 200 km com uma roda de emergência, quando esta estiver montada no eixo de transmissão.
  • Trocar a roda de emergência o mais rápido possível por uma roda normal. A roda de emergência destina-se apenas para um uso breve.
  • A roda de emergência deve ser fixada sempre com os parafusos fornecidos de fábrica.
  • Nunca conduzir com mais do que uma roda sobressalente de tamanho diferente dos pneus do veículo.
  • Após a montagem da roda de emergência, a pressão dos pneus deve ser verificada o mais rápido possível
  • Na roda de emergência não podem ser utilizadas correntes para neve.

Se possível, fixar firmemente a roda sobressalente, a roda de emergência ou a roda substituída no compartimento de bagagem

    Veja também:

    Hyundai i30. Etiqueta do compressor do ar condicionado
    A etiqueta do compressor informa-o sobre o tipo de compressor que o seu veículo tem equipado, nomeadamente o modelo, o número da peça sobressalente, o número de pr ...

    Citroën C4. Cintos de segurança dianteiros
    Os cintos de segurança dianteiros encontramse equipados com um sistema de pré-tensão pirotécnica e limitador de esforço. Este sistema permite melhorar a segurança dos lugares dianteiros ...

    Modelos



    © 2017 Todos os direitos reservados